Semáforo Inteligente: Como os dados influenciam o trânsito



O uso do semáforo inteligente é uma realidade em muitas cidades do mundo, no Brasil esse caminho para a melhor fluidez do trânsito já está sendo percorrido. Inclusive, na cidade sede da nossa parceira Dataside, São José dos Campos - SP, o projeto de semáforo inteligente já está sendo implementado.


Como funciona o semáforo inteligente

Para entender sobre o assunto, vamos pensar no formato tradicional antes. Bem, todos conhecem, ele tem 3 cores (verde, laranja e vermelho) para sinalizar quando os carros podem seguir, quando precisam parar e quando precisam ficar atentos, pois logo o semáforo vai fechar.


Acontece que esse semáforo tradicional não é nada inteligente para a fluidez do trânsito e até mesmo para a segurança dos motoristas e passageiros.


Imagine a seguinte situação:

O semáforo está vermelho, mas a outra via de cruzamento está vazia, sem nenhum carro. E você é obrigado a ficar ali parado enquanto se forma uma enorme fila de carros atrás de você, sendo que teria tempo suficiente para seguir o caminho sem bater em outro carro.


Agora vamos pensar em outro cenário:

O motorista está voltando para casa no meio da noite, em horário com menos movimento, com ruas praticamente “desertas”. O sinal fecha e ele se vê parado, em um lugar sem ninguém por perto, podendo ser alvo de roubo de carro. Sendo que daria para seguir o caminho, já que as vias estavam “desertas”.


Então entra em cena o semáforo inteligente.

De acordo com o Instituto de Tecnologias para o Trânsito Seguro, os modelos tradicionais de semáforos são programados previamente a partir de análises que envolvem fatores como variação do fluxo de carro da via, congestionamentos e outras questões que possam interferir na circulação. Enquanto que o Semáforo inteligente, se adapta às condições de trânsito em tempo real.


Isso é possível graças aos dados!

O semáforo inteligente consegue se adaptar em tempo real, porque há uma coleta de dados através de sistemas de sensoriamento, como câmeras de processamento, por exemplo. Com isso, os dados são usados de forma inteligente para melhorar em até 30% o fluxo do tráfego das cidades.


Podemos entender assim, como os dados aplicados à Inteligência Artificial e Machine Learning são extremamente fundamentais, já que auxiliam em diversos fatores na sociedade, incluindo qualidade de vida, otimização do tempo e redução de riscos, assim como no mundo dos negócios.


Quer saber mais sobre como aplicar os dados de forma inteligente? Acesse: www.dataside.com.br.