Futebol com Dados: Entenda como o Liverpool cresceu com a Ciência de Dados


(Fonte: Agência Brasil)


O futebol é uma das maiores paixões nacionais, é comum que digam que esse mesmo esporte representa o nosso país. E é mesmo grandioso, movimenta tanto os sentimentos dos torcedores, quanto grandes investimentos de empresários. Muito popular e presente em nosso cotidiano há tanto tempo, hoje em dia o futebol não deposita mais sua confiança em sorte ou azar.

Os dados entram em campo


Dando cartão vermelho para a sorte e o azar, há alguns anos os grandes times da Europa entenderam que a probabilidade poderia auxiliar na criação de estratégias de jogos baseadas em dados e, com isso, aumentariam as chances de vencer.

Um dos melhores times do mundo, o Liverpool, teve sua ascensão através dos dados, inclusive, nenhuma decisão na equipe é tomada sem a análise minuciosa das informações coletadas, seja dentro ou fora do campo. Inclusive, o clube criou um departamento focado especialmente em análise de dados.

Algo que pode ser muito novo para algumas pessoas, é que existe um profissional para realizar os estudos dos dados para os times, é o analista de desempenho.

Mas o que exatamente o analista de desempenho faz?

Alguém aí já sabe o que esse profissional faz? Acredito que você já acertou! Como o próprio nome diz, ele é responsável por analisar o desempenho do time. A análise consiste em momentos cruciais de uma partida: a defesa, o ataque, a transição ofensiva e a transição defensiva. Agora, vamos entender melhor as etapas do processo de análise.

  • Análise do próprio time

Dentro da análise do próprio time temos camadas de estudo, sendo uma a análise feita do todo, da performance geral do time e a outra, uma análise individual do desempenho de cada jogador.

Dentro dessa análise, existem duas fases:

  • Qualitativa:

Análise da dinâmica de jogo, do comportamento do time, das táticas, do desempenho dos jogadores, entre outros fatores que o analista julgar importante para criar próximas estratégias.

  • Quantitativa:


Aqui, a análise qualitativa se transforma em probabilidades, dados estatísticos estudados que serão usados como ferramentas para aperfeiçoar o desempenho do time.

As fases qualitativa e quantitativa são complementares e fazem com que o estudo seja mais preciso.

  • Análise dos times adversários

Também faz parte da análise de desempenho o estudo sobre sobre os padrões de comportamento dos times adversários para criar as estratégias. Nesse caso, acompanha-se a outra equipe através de vídeos de jogos dos últimos jogos. As estratégias do campo de futebol não são diferentes das de uma empresa, para que haja crescimento é preciso muito estudo, coleta, análises, uso inteligente e inovador de dados relevantes.

E aí, sua empresa ainda conta com a sorte ou se baseia em dados?